Impotência

Melhores Maneiras Para Combater a Ejaculação Precoce

A ejaculação precoce, também chamada de ejaculação precoce, afeta 15 a 30% dos homens pelo menos uma vez na vida. É o distúrbio sexual mais comum com disfunção erétil. Não é uma doença estritamente falando, mas é muito difícil viver para quem a sofre.

Apenas 8% dos homens envolvidos se atrevem a conversar sobre o assunto com o parceiro. A ejaculação precoce não é inevitável, no entanto, e hoje existem tratamentos e soluções para retardar a ejaculação.

Quais são os tratamentos dele? Quais são as causas da ejaculação precoce? Como evitá-lo? Quem consultar? Quais são as consequências para o homem? Qual o papel do parceiro? Respondemos a todas as perguntas que você faz neste guia sobre a ejaculação precoce e seus tratamentos!

Max Plus Oil: Recomendado para combater a ejaculação precoce

Max Plus Oil é o estimulante mais prescrito para homens que desejam recuperar o controle sobre a ejaculação e interromper a ejaculação precoce.

A principal substância ativa nesse óleo estimulante é 100% natural. É uma molécula inibidora seletiva para a recaptação de serotonina, usada principalmente como antidepressivo.

Se você nunca ouviu falar nesse estimulante natural e não sabe se o Max Plus Oil Funciona, recomendo que pesquise sobre esse produto.

Ao manter sua serotonina elevada,  você ganha confiança, fica menos estressado, fica com menos medo  (ejacular muito rápido, por exemplo …) e, portanto, é mais provável que mantenha uma atividade sexual aumentada.

Ejaculação precoce: definição

Como o próprio nome sugere, a ejaculação precoce é uma ejaculação que acontece muito rápido. A noção de tempo não é realmente importante porque ocorre antes da penetração ou 5 minutos depois, a preocupação é a mesma: não há controle.

As causas da ejaculação precoce

Nem sempre consideramos a causa responsável pelas ejaculações prematuras. Mas na maioria das vezes são causas psicológicas ou biológicas. Vamos explicá-los em detalhes:

Causas psicológicas

A primeira causa mostrada quando um homem sofre de ejaculação precoce é o estresse . O estresse no trabalho, a família, todos os dias, socialmente faz com que os nervos de alguns homens sejam postos à prova. Infelizmente, esse estresse tem um impacto negativo na ejaculação, porque o subconsciente é afetado por esse estresse intenso.

Quando o estresse é o culpado, as ejaculações serão prematuramente intermitentes . Mas se nada for feito, eles podem se estabelecer onipresentes. A ejaculação precoce, quando ela chega, naturalmente estressará o homem. Ele perderá a confiança em si mesmo e terá medo de decepcionar seu parceiro. Portanto, ele se estressará ainda mais no momento da relação sexual e, portanto, ejaculará prematuramente. Este é um círculo vicioso.

Outra causa de ejaculação precoce: os hábitos sexuais do homem . Os jovens são muito afetados pela ejaculação precoce durante a primeira relação sexual. A emoção que é nova para eles explica isso.

Homens que têm pouca relação sexual também podem sofrer porque estão menos acostumados a canalizar sua excitação. Homens que freqüentemente praticam masturbação são freqüentemente afetados pela ejaculação precoce quando têm um parceiro.

Eles têm o hábito de ter o único objetivo de ejacular o mais rápido possível e não satisfazer um parceiro. Portanto, é muito comum que, aos poucos, as ejaculações prematuras sejam espaçadas para não durarem mais.

Em geral, o medo de decepcionar seu parceiro, a busca por desempenho, um parceiro muito empolgante ou empolgado, também são fatores que podem levar a uma perda de controle e, portanto, à ejaculação precoce.

Causas biológicas

Embora as causas psicológicas sejam frequentemente responsáveis ​​pela ejaculação precoce, as causas biológicas também desempenham um papel em alguns homens. Por exemplo, tomar certos medicamentos pode ser responsável pela ejaculação precoce.

Uma inflamação da uretra, dificuldade em descobrir a glande (fimose) , um prepúcio muito curto também são causas apresentadas durante a ejaculação precoce.

Perda de Peso

Como emagrecer rápido fazendo a dieta da proteína

Emagrecer é o desejo e também a necessidade de muitas pessoas no mundo inteiro. No entanto, nem sempre essa é uma missão simples, não é mesmo?!

A boa notícia é que a dieta da proteína vem se apresentando como uma excelente alternativa para a perda e peso, o bom de tudo é que além dela ainda tem as receitas para secar especialmente para aquelas pessoas que já tentaram quase tudo para mandar os quilinhos embora que funciona muito bem também, e para acelerar ainda mais o processo de emagrecimento, é recomendado fazer o uso do emagrecedor 100 peso que é um produto natural para perder peso que ajuda muito.

Assim como a maioria das dietas que prioriza o consumo de proteínas, essa dieta elimina o consumo de carboidratos, fazendo com que o organismo possa queimar gordura de forma muito mais acelerada.

O fato é que é enorme o número de pessoas que já conseguiu excelentes resultados seguindo essa dieta e estão muito satisfeitos.

Então, vamos saber um pouquinho mais sobre o assunto logo a seguir.

O que é a dieta da proteína

Como o nome sugere, a dieta da proteína está baseada no consumo de alimentos que sejam considerados uma boa fonte de proteína, tais como ovos e carnes.

Com isso, exclui aqueles alimentos que são fontes de carboidratos, tais como pães, massas e farináceos.

Para que seja possível emagrecer seguindo essa dieta, a alimentação também deve ser pobre em gorduras, usando carnes vermelhas magras, frango sem pele e leite desnatado ao invés de integral.

No entanto, por ser uma dieta mais restritiva, a dieta da proteína pode acabar causando efeitos colaterais importantes, tais como tontura, halitose e dores de cabeça. No entanto, eles tendem a desaparecer depois dos primeiros 3 ou 4 dias.

Alimentos permitidos na dieta da proteína

Como já foi dito, a dieta da proteína permite alimentos ricos em proteínas e também algumas verduras, legumes e frutas que sejam pobres em carboidratos. Veja alguns exemplos:

  • Peixe, carnes magras, presunto magro, ovos
  • Queijos brancos, leite desnatado, iogurte desnatado
  • Couve, acelga, rúcula, alface, chicória, agrião, cenoura, tomate, repolho, rabanete e pepino
  • Azeites
  • Nozes, castanhas e amêndoas
  • Sementes como a de abóbora, de chia, de girassol, de linhaça e outras
  • Limão e abacate

Essa dieta deve ser feita por até 15 dias, depois 3 dias de intervalo e depois mais 15 dias de dieta. Essa série só pode ser repetida depois de 1 mês de intervalo.

Alimentos proibidos na dieta da proteína

Dentre os alimentos proibidos estão os seguintes:

  • Pão, arroz, macarrão, batata doce, batata, macaxeira, farinhas
  • Grão-de-bico, ervilha, milho, feijão, soja
  • Doces, biscoitos, bolos, açúcares, sucos e refrigerantes
  • Água de coco e frutas
Perda de Peso

Como emagrecer de forma saudável

Atualmente o número de pessoas que estão acima do peso vem preocupando os especialistas no assunto. O grande problema é que as pessoas procuram formas milagrosas de emagrecimento e isto pode oferecer um grande perigo para a saúde.

Existe uma imensidão de medicamentos (não todos é claro) que estão no mercado que podem trazer efeitos colaterais muito prejudiciais à saúde. As opções de dietas que prometem milagres, também são muitas, mas que muitas vezes esquecem de pensar na saúde a longo prazo.

Especialistas afirmam que a forma saudável de emagrecer continua sendo uma dieta balanceada acompanhada de exercícios físicos, no entanto, produtos como Sibutina Plus podem ajudar neste processo de perda de peso.

Então, como emagrecer de forma saudável?

  • Descubra seu peso ideal. Muitas vezes colocamos metas de emagrecimento que estão além do que necessitamos para ficar no peso ideal.
  • Numa dieta equilibrada e saudável, o resultado esperado é que a perda de peso seja entre 500g e 1 kg por semana e se você fazer o uso do emagrecedor Simatril Oil juntamente com uma dieta, sua perda de peso será muito mais acelerada.
  • Esqueça as dietas restritivas. Funcionam a curto prazo mas o ideal é sempre optar por uma reeducação alimentar que vai manter seu peso a longo prazo.
  • Faça atividades físicas, isto é básico para manter o corpo saudável.
  • Não deixe faltar nada que seu organismo necessita. Faça um cardápio completo com frutas, legumes, verduras, carboidrato, proteínas magras, gordura boa, grãos e fibras que além de serem excelentes para os intestinos proporcionam uma sensação de saciedade.
  • Diminua o consumo de açúcar, sal, fritura e se possível restrinja o uso de bebidas alcoólicas.
  • Consuma muito líquido. Além da água os chás podem ser de grande ajuda no processo. Existem vários chás específicos para emagrecer como por exemplo: hibisco, gengibre, canela, chá verde, chá branco etc.
  • Cuidado com o equilíbrio das calorias. Especialistas sugerem que o consumo diário não deve ser inferior a 1.200 calorias. Abaixo disto pode ocorrer fraqueza e desmaios.
  • Alguns alimentos são abundantes em ômega 3 e podem ajudar seu corpo a desinchar. Procure acrescentar ao seu cardápio atum, arenque, cavala, linhaça, salmão, sardinha e castanhas, entre outros.

O ideal para emagrecer de forma saudável é fazer as 3 principais refeições, café, almoço e janta, bem balanceados e intercalar com pequenos lanches.

Estes lanches podem ser frutas, grãos, iogurtes desnatados etc. Desta forma você vai manter seu metabolismo ocupado o dia todo, além de se manter saciada para não exagerar na hora das principais refeições.

Não esqueça que um chazinho após o almoço e a janta podem ser de grande ajuda para queimar as calorias para que você possa emagrecer de forma saudável, também que alguns suplementos naturais podem contribuir, como o Sibutina que citamos antes, para saber mais sobre ele basta ler a resenha abaixo:

Impotência

Causas da Disfunção Erétil

Conhecer as  causas da impotência sexual é o primeiro passo necessário para descobrir como resolver a impotência.

  • Qualquer alteração das partes que participam de uma ereção (como: estimulação, desejo sexual, sistema vascular ou neuronal etc.) pode causar a alteração e, portanto, impotência .
  • Alguns problemas de saúde que podem causar impotência sexual (atribuíveis à aparência física) são: hipertensão e doenças cardiovasculares, colesterol, diabetes, obesidade, problemas de fluxo sanguíneo ou síndrome metabólica (intimamente relacionada ao déficit hormonal) ou uso de drogas.

80% dos casos de disfunção são causados ​​por um  déficit hormonal , que pode ser classificado como: leve, moderado ou grave.

O mecanismo considerado responsável pela disfunção erétil na maioria das causas endócrinas é a diminuição dos níveis de testosterona no sangue, que geralmente é acompanhada pela perda do desejo sexual ou da libido , que ocorre quando o homem para de procurar o estímulo.


Às vezes, apesar de sofrer de disfunção sexual, o homem é capaz de ter uma ereção espontânea ou fora do ato sexual, mas quando tenta manter uma atividade sexual em casal, deixa de ter ou manter a ereção.

O problema é que, como diferentes estudos epidemiológicos apontam, é uma patologia subdiagnosticada e subtratada .

Os problemas de ereção podem ser temporários ou permanentes. Um excesso de outros hormônios, como prolactina, cortisol ou hormônios da tireóide, entre outros, também pode causar a diminuição dos hormônios sexuais masculinos. Um sintoma que causa o retorno da disfunção sexual é a perda da libido masculina, muitos homens que passa por esse problema fazem o uso de estimulantes sexuais naturais como é o caso do Erosept que é um produto que ajuda na melhora do desempenho sexual.



 DISFUNÇÃO POR FALTA DE APETITO SEXUAL

Embora a necessidade de aumentar a libido possa parecer um problema pessoal, na verdade são condições médicas. Ambos podem ser sintomas de problemas de saúde subjacentes de natureza mais grave e, se não forem tratados, podem dificultar o diagnóstico de qualquer doença que você possa sofrer.

É importante ter em mente que sua situação não é incomum e não deve ser embaraçosa, pois a falta de apetite sexual ou baixa libido afeta 20% dos homens e disfunção erétil em metade dos homens acima de 40 anos.

Em muitas ocasiões, a perda de apetite sexualou a libido é o primeiro dos sintomas a aparecer e acaba causando problemas de ereção devido à falta de “humor”, mas está indo para a origem do problema quando pode ser diagnosticado clinicamente e ser tratado adequadamente.

Uma maneira muito simples de detectar quando há um problema de disfunção erétil  é observar as ereções noturnas ou acordar de manhã; se elas desapareceram ou diminuíram, há um problema real de disfunção devido a causas físicas na maioria dos casos.

A perda de libido ou desejo sexual é uma disfunção sexual muito frequente nos homens. Uma das principais causas da diminuição da libido é o SDT (Síndrome do Déficit de Testosterona). O hormônio T é fundamental na manutenção da função sexual nos homens; portanto, os sintomas mais frequentes da SDT são diminuição do desejo e impotência sexual .

Sabe-se que homens com menos desejo sexual têm valores mais baixos de testosterona.



 DISFUNÇÃO SEXUAL CAUSADA POR DÉFICIT HORMONAL

A testosterona é o hormônio masculino por excelência, é o que permite ao homem ter apetite sexual e aumenta ou diminui sua libido. Sem testosterona, o homem seria impotente. Portanto, um baixo nível de hormônio masculino leva a disfunções sexuais. Para realmente diagnosticar a disfunção, recomenda-se um exame físico e analítico para avaliar a glicemia, o perfil lipídico e os dados livres de testosterona.

Quais são os sintomas da impotência?

Dificuldade em obter uma ereção

Ereções fracas ou menos rígidas

As ereções espontâneas da manhã ocorrem com menos frequência

O clímax é atingido em menos tempo ou com uma ereção incompleta

A ereção é perdida pela mudança de postura durante a relação sexual. Estes sintomas são normais e têm uma solução.

Consideramos que há disfunção sexual masculina quando ocorrem todos ou alguns dos sintomas indicados. Todos estão inter-relacionados, e agir em um deles não obtém a solução. Você tem que ir para a causa real, que geralmente é comum a todos.